Dra. Maria de Lourdes apresenta um Manual de etiqueta para as celebrações de fim de ano em tempos de covid-19

Manual de etiqueta para as celebrações de fim de ano em tempos de covid-19

Na última semana, 300 mil novos casos de covid-19 e 4.500 mortes provocadas pela doença assustaram o Brasil, no momento em que duas grandes festas se aproximam: Natal e Ano Novo. Por isso, surge a questão: é possível comemorar as festas de fim de ano com segurança na vigência da pandemia de covid-19? Proponho seis passos para que você comemore, mas não se arrependa, não adoeça e nem contamine seus familiares e amigos. Vamos a eles então:

6 respostas sobre festas de fim de ano em tempos de covid-19

Tire suas dúvidas!

As festas de fim de ano são seguras contra covid-19?

Não, são arriscadas. Essas festas, inclusive as familiares, costumam agregar muitas pessoas em um espaço pequeno. Máscaras, distanciamento social, higiene das mãos são cruciais em conjunto para reduzir a propagação do vírus. Mas nessas comemorações ocorrem a quebra dessas barreiras.

Estatísticas mostram que é mais provável você contrair covid-19 de um ente querido do que de um estranho.

Se aparecer alguma visita surpresa, que não mora na sua casa, garanta o distanciamento, uso de máscaras, melhore a circulação de ar, abra janelas e portas e não compartilhe copos, pratos e talheres. E nada de beijos, abraços ou aperto de mão.

Testar negativo para covid-19 é garantia de não estar contaminado?

Infelizmente não é. Pode levar alguns dias para que a infecção apareça em um exame. O tempo de incubação do novo coronavírus é de até 14 dias. Antes disso a pessoa pode testar negativo e não apresentar sintomas.

O Centro de Controle de Doenças (CDC) americano estima que 40% das infecções são assintomáticas e 50% das transmissões acontecem antes do início dos sintomas. Isso explica a razão do vírus se espalhar tão facilmente.

O que eu posso fazer se o encontro com amigos ou parentes que não moram na minha casa for inevitável?

Em primeiro lugar, tente evitar esse encontro em ambiente festivo, mas se por alguma razão for necessário, o ideal é fazer o autoisolamento por 14 dias, ficando apenas em casa. O isolamento por 14 dias antes e depois do evento deve ser feito sempre que possível para reduzir a chance de transmissão. Pedir aos participantes para fazer o teste pode oferecer alguma tranquilidade adicional. Se alguém estiver contaminado no encontro, precisa estar a uma distância de ao menos 1,80 m dos demais. Se o contato ocorrer por um tempo maior que 15 minutos, aumenta muito o risco de adoecer, e, por isso, o isolamento é fundamental.

Comemorações ao ar livre no estilo piquenique podem ser seguras?

Sim, são mais seguras que em ambiente fechado. Mas ainda assim o número de pessoas deve ser restrito e o uso de máscaras, o distanciamento social e a lavagem de mãos continuam sendo necessários. Pule os abraços, beijos e apertos de mão este ano. Também vale salientar que realizar todas as precauções reduz o risco, mas não elimina a chance de transmissão de covid-19. Mesmo ao ar livre, aumente a distância entre os convidados na hora de comer. Mais um cuidado é avaliar todos os riscos, como a possibilidade de mudança de tempo, que pode levar todos a se abrigarem em um lugar menor. E não esqueça, o uso de álcool ou drogas pode alterar o julgamento e dificultar a prática de medidas de segurança.

E se for imprescindível viajar para me reunir com familiares no Natal?

Evite aeroportos, estações de ônibus, estações de trem, transporte público ou parar e descer em postos de gasolina para descanso. Essas situações são onde os viajantes podem ser expostos ao vírus no ar e nas superfícies. O Covid-19 está em todos os lugares. A melhor alternativa ainda é enviar presentes pelo correio com antecedência e abri-los com a família no horário de sempre. As chamadas de vídeo com participação de vários familiares, cada um na sua casa, pode ver bem agradável. Preserve os mais idosos. Com eles a cautela deve ser extrema, porque têm risco maior de desenvolver a forma grave da doença. Viajar no carro da família ainda é a melhor opção, se a viagem for imprescindível.

Então, ficar em casa é a melhor e mais segura opção? É possível se divertir num modelo de comemoração segura?

Esta é a opção mais segura: manter-se em casa. Seja criativo, é possível se divertir assim numa festa diferente. Organize troca de mensagens, receitas e combine pratos com vizinhos ou familiares, prepare uma boa seleção de músicas, organize chamadas de vídeo na TV na hora do jantar. As comemorações virtuais permitem número maior de pessoas. Faça amigo secreto virtual, enviando o presente com antecedência para abrir na hora da chamada de vídeo. Se tiver criança em casa, seja o papai ou mamãe Noel. Promova a alegria desta festa!

Faça diferente este ano, com sacrifício, mas com amor e esperança de que na comemoração de 2021 todos estarão juntos e saudáveis!

Iniciar conversa
1
Posso Ajudar?
Seja bem vindo ao Ganep Lar! Este canal deve ser usado para contatos comerciais e assuntos administrativos em horário comercial , e nos dias úteis. Caso queira falar de assuntos referentes a urgências ou emergências, entre em contato com o nosso plantão 24h, no (11) 3171-3044.